fbpx

Concursos TRTs 2022: 10 seleções para acompanhar

Os concursos TRTs 2022 estão com tudo. E, se você almeja uma vaga nos Tribunais Regionais do Trabalho, este post é para você.

Isso porque, dos 14 tribunais da Justiça do Trabalho, nove já mostraram interesse em realizar um novo concurso. Inclusive, a Lei Orçamentária Anual (LOA) deste ano conta com reserva de 232 vagas para novos concursos TRTs. Do total, são 52 para criação e 180 para provimento.

Separamos abaixo quais são os principais órgãos para ficar de olho nos concursos TRTs 2022. Confira!

concursos TRTs 2022

Dos 14 Tribunais Regionais do Trabalho sem concurso, dez estudam realizar uma nova seleção (Foto: Freepik)

Qual a função do Tribunal Regional do Trabalho?

Mas, antes de falarmos sobre os concursos TRTs 2022, explicaremos qual a função da Justiça do Trabalho.

Os Tribunais Regionais do Trabalho constituem a 2ª Instância da Justiça do Trabalho no Brasil. São 24 Tribunais Regionais, distribuídos pelo território nacional.

O Estado de São Paulo possui dois Tribunais Regionais do Trabalho: o da 2ª Região, sediado na capital, e o da 15ª Região, com sede em Campinas.

Os Tribunais Regionais do Trabalho têm competência para apreciar recursos ordinários e agravos de petição e, originariamente, apreciam dissídios coletivos, ações rescisórias, mandados de segurança, entre outros.

Os cargos costumam ser bastante atrativos por oferecerem boa remuneração e benefícios. Com o grande número de TRTs, é uma excelente oportunidade para investir os estudos.

As seleções costumam contar com cargos nas funções de analista e técnico judiciário, também seguindo a escolaridade de nível médio e superior, entre outros, como juiz.

Agora que já explicamos o que faz o órgão, vamos aos concursos TRTs 2022?

Concurso TRT 2 em São Paulo

O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª região, com sede em São Paulo, começou a debater um novo edital para o cargo de juiz.

O último concurso para magistratura no órgão aconteceu em 2016, com 133 vagas para a carreira de juiz do trabalho substituto.

Na época, a remuneração era de R$27.500,17 e as inscrições foram recebidas pelo próprio tribunal.

As etapas do concurso foram:

  • Provas objetivas
  • Provas escritas discursiva e sentença; inscrição de
  • Exame de sanidade física, mental e aptidão psicológica
  • Sindicância da vida pregressa e investigação social
  • Prova oral
  • Avaliação de títulos

Já para a área de apoio, o último concurso do TRT 2 foi em 2018 com oferta de 320 vagas de técnico e analista.

O destaque da seleção foi o cargo de técnico administrativo, que exige apenas nível médio completo e teve 144 vagas imediatas. No nível médio destacaram-se também as 35 vagas de técnico de segurança.

O concurso de 2018 ainda está na validade.

Concurso TRT 3 em Minas Gerais

O Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais já teve o seu novo concurso autorizado com vagas para técnicos e analistas. Apesar do número de vagas ainda não ter sido divulgado, segundo dados do Portal da Transparência, o órgão conta com 291 posições de técnicos e 194 de analistas vagas.

O último concurso para o TRT3 3 aconteceu em 2015 para a formação de cadastro reserva. Organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC), ele contou com os cargos de técnico (nível médio ou médio/técnico) e analista (nível superior) judiciários em várias especialidades.

Concurso TRT 4 no Rio Grande do Sul

Quem também se programa para lançar um novo concurso é o Tribunal Regional do Trabalho da 4ª região, que já organiza a comissão responsável pela seleção.

O TRT 4 conta com 424 cargos vagos, do total de 3.540 possíveis no órgão. Dessa forma, há um déficit de aproximadamente 12% no quadro de pessoal do órgão.

Entretanto, por questões orçamentárias, apenas sete cargos podem ser preenchidos imediatamente com um novo concurso. Mesmo assim, é necessário um novo edital, pois o TRT RS não pode ficar sem concurso válido.

O Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Sul não realiza concurso há mais de cinco anos, já que o último concurso TRT RS teve edital publicado em 2015. Na época, foram 18 vagas imediatas e formação de cadastro de reserva.

As chances foram para os cargos de analista judiciário e técnico judiciário. Os concorrentes foram avaliados através de provas objetivas e discursivas, com caráter eliminatório e classificatório.

A prova foi composta por 30 questões de Conhecimentos Básicos, com peso 1, 30 de Conhecimentos específicos, com peso 2, e uma redação.

As disciplinas de Conhecimentos Básicos foram:

  • Português
  • Raciocínio Lógico-Matemático
  • Legislação
  • Noções de Informática (exceto para especialidade T.I.)

Concurso TRT 5 na Bahia

O Tribunal Regional do Trabalho da 5ª região, com sede na Bahia, formou um grupo de trabalho com o intuito de realizar um novo concurso.

Ele é esperado desde de 2018. A última seleção para o órgão aconteceu há quase 10 anos, em 2013.

Ela visava o preenchimento de vagas nas carreiras de técnico e analista judiciários. Para oficiais de justiça, o último concurso perdeu a validade em 2019. As seleções também foram organizadas pela FCC.

Na ocasião, foram ofertadas apenas 13 vagas, mas as nomeações realizadas ao longo dos últimos anos chegaram a quase 200. Do total, oito eram para o cargo de técnico judiciário, que exigia nível médio, e outras cinco eram para a função de analista judiciário nas áreas administrativa, judiciária e oficial de justiça.

No cadastro de reserva, tinha oportunidades para as áreas de Arquitetura, Arquivologia, Biblioteconomia, Contabilidade, Enfermagem, Engenharia, Estatística, Fisioterapia, Medicina, Odontologia, Psicologia, Serviço Social e Tecnologia da Informação.

A prova objetiva foi composta por um total de 60 questões das seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico Matemático
  • Regime Jurídico dos Servidores Públicos da União
  • Processo Administrativo
  • Regimento Interno do TRT 5
  • Conhecimentos Específicos

Os candidatos também precisaram fazer ainda uma redação. As provas foram aplicadas em Salvador.

Concurso TRT 8 no Pará e Amapá

O Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, que abrange os estados do Pará e Amapá, pretende realizar um novo concurso ainda em 2022. Uma comissão já está formada para sua organização.

Caberá à equipe escolher e contratar a banca. Somente após esse processo, o edital poderá sair.

O último concurso do TRT 8, em 2015, está na validade até dezembro deste ano. As vagas foram para técnico e analista, com níveis médio, médio/técnico e superior.

Somente para a carreira de analista judiciário, na área de Tecnologia da Informação, foram 28 vagas. O cargo teve como pré-requisito o nível superior ou a pós-graduação em Informática.

O concurso teve organização do Cebraspe. Na época, os ganhos iniciais oferecidos para os técnicos eram de R$6.224,79, já com o vencimento básico, a Gratificação por Atividade Judiciária (GAJ) ,a Vantagem Pecuniária Individual (VPI) e o auxílio-alimentação, de R$799.

No caso dos analistas (exceto oficial de justiça), a remuneração inicial era de R$9.662,84. Nesse valor também foi incluído o salário básico, a GAJ, a VPI e o auxílio-alimentação.

Os aprovados para a função de analista, na especialidade oficial de justiça avaliador, receberam R$11.284,62, somados o rendimento básico, a GAJ, a VPI, o auxílio-alimentação de R$799 e ainda a gratificação de atividade externa (GAE).

Concurso TRT 9 no Paraná

O Tribunal Regional do Trabalho da 9ª região, do Paraná, formou comissão para a realização de um novo concurso.

O último concurso TRT PR teve edital em 2015 e a seleção foi homologada em 2016. Em 2017, o prazo de validade foi prorrogado por mais 18 meses, ficando válido até junho de 2019.

O concurso TRT PR de 2015 foi destinado à formação de cadastro de reserva. As oportunidades foram para as carreiras de técnico, de níveis médio e médio/técnico, e analista judiciário, de nível superior.

As chances foram para cargos de técnico das áreas Administrativa e de Segurança e Tecnologia da Informação. Já as vagas para analista foram para as especialidades Judiciária e Oficial de Justiça Avaliador Federal, Administrativa e Tecnologia da Informação.

Concurso TRT 16 no Maranhão

O Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região, no Estado do Maranhão, formou comissão para realizar um novo concurso TRT MA.

O último concurso do órgão foi realizado em 2014 e homologado no mesmo ano. O prazo de validade expirou em outubro de 2018 e este é um dos motivos pelo qual a comissão organizadora foi formada.

A seleção foi organizada pela Fundação Carlos Chagas (FCC), que poderá ser convidada para o próximo. Na época, os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas e redação.

O concurso daquele ano trouxe oferta de 21 vagas, além de formação de cadastro de reserva. As oportunidades foram para técnico judiciário (níveis médio e médio/técnico) e analista judiciário (superior), em várias especialidades.

Concurso TRT 17 no Espírito Santo

O Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região, com sede no Espírito Santo, estuda realizar um novo concurso, conforme informou à Folha Dirigida.

O órgão não tem concurso válido desde 2018. Nesse mesmo ano o tribunal chegou a ter um novo concurso autorizado mas, suspenso desde 2019, a seleção não teve continuidade.

O último edital para o TRT 17 foi publicado em 2017 com 23 vagas mais formação de cadastro de reserva para os cargos de técnico e analista, de níveis médio e superior, respectivamente.

Na época, os ganhos eram de R$4.635,03 (nível médio), R$7.566,42 (nível superior) e R$9.188,20 (nível superior – oficial de Justiça), para uma jornada de trabalho de 40h semanais.

Todos os candidatos realizaram prova objetiva composta por 120 questões de Conhecimentos Básicos e Específicos. Somente os inscritos ao cargo de analista judiciário também passaram pela avaliação discursiva e análise de títulos.

Concurso TRT 22 no Piauí

Em breve, devem haver novidades sobre um novo concurso para o Tribunal Regional do Trabalho da 22ª região, com sede no Piauí. Isso porque foi aprovada a realização de uma nova seleção.

O TRT 22 não realiza concurso público há mais de dez anos. O último edital para efetivos foi publicado em 2010, com oportunidades para técnicos e analista, de níveis médio e superior.

Na época, foram nove vagas, além da formação de cadastro de reserva. Os cargos foram de técnico judiciário, na área administrativa, e técnico com especialidade tem Tecnologia da Informação, ambos de nível médio.

Já para nível superior, as oportunidades foram nas carreiras de analista judiciário na área judiciária, na execução de mandados, na área administrativa e também com especialidade em TI.

Concurso TRT 23 no Mato Grosso

Dos concursos TRTs 2022, o do Mato Grosso é o mais distante de acontecer. Em resposta à equipe da Folha Dirigida, o tribunal disse não ter disponibilidade de recursos orçamentários para realizar concurso de servidores em 2022.

O TRT 23 estuda outras alternativas para repor o seu quadro de pessoal, mesmo que não possa realizar concurso, como reaproveitando de outros órgãos. O último concurso TRT MS foi realizado em 2015 com vagas em cargos de técnicos e analistas.

Você pretende fazer algum desses concursos para TRTs em 2022, futuro servidor? Conta pra gente nos comentários!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *